quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Cartão de estacionamento para vagas reservadas

Muito se fala sobre vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, mas poucos usuários realmente sabem como elas funcionam.As dimensões e sinalização das vagas são regulamentadas pela NBR 9050/2015, as quais atendem às necessidades de cadeirantes, idosos e outras pessoas com dificuldade de locomoção.


Leia também: Vagas reservadas de estacionamento que não atendem a quem precisa


Abaixo, o Símbolo Internacional de Acesso, utilizado para indicar a acessibilidade das edificações, mobiliários, espaços e equipamentos urbanos.





Para uma pessoa utilizar as vagas reservadas não basta identificar seu veículo com um dos símbolos acima. É necessário obter uma autorização do Órgão de Transporte e Trânsito da cidade onde mora, sendo diferentes os critérios adotados para pessoas com deficiência e para idosos. 

Se você reside em Campo Grande – MS, basta acessar www.cartao.neoidea.com.br ou clicar aqui para solicitar o seu. Caso você more em outro local, procure a Agência Municipal de Trânsito de sua cidade.

Frente do cartão de estacionamento. (clique na imagem para ampliar)

Verso do cartão, contendo as instruções de uso. (clique na imagem para ampliar)

Um dos motivos da obrigatoriedade do cartão é o uso das vagas por pessoas que não necessitam delas, as quais, muitas vezes, sinalizam seus veículos com o Símbolo Internacional de Acesso para utilizá-las irregularmente. De todo modo, sugerimos às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida que, mesmo de posse do cartão, identifiquem seus veículos com o Símbolo Internacional de Acesso para alertar os outros motoristas no trânsito.


Informações adicionais:

  • O cartão é válido em todo o território nacional;
  • A solicitação e retirada do cartão pode ser feita por terceiros;
  • A licença é de uso exclusivo da pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, seja como motorista ou passageira;
  • As pessoas que não residem em Campo Grande e necessitam usufruir desse direito, devem procurar o órgão de trânsito de sua cidade para obter informações;
  • Para pessoas com mobilidade reduzida temporária é solicitada a mesma documentação exigida para pessoas com deficiência. Nesses casos, o Setor Jurídico do Órgão de Trânsito analisará a documentação para então conceder ou não o cartão. Mediante ordem judicial, essa solicitação não pode ser indeferida.

Se a sua cidade participa da iniciativa da “Multa Moral”, clique sobre ela para obter informações de como solicitar seu cartão de estacionamento:

Caso sua cidade não esteja listada acima, procure a Agência Municipal de Trânsito de onde você mora.


Frederico Rios e Maria Alice Furrer

SOCIAL MEDIA

MARCADORES