segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Itabaianense de apenas um mês de vida necessita de doação de sangue

O pequeno Renan está internado na ala vermelha do Hospital de Urgências de Sergipe
O pequeno Renan Nascimento Mota, de apenas um mês de vida, está internado na Ala vermelha do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju, precisando de doação de  glóbulos vermelhos, também chamado de plaquetas, que é uma parte do sangue.
Quem puder e quiser doar sangue para ajudar a salvar a vida do pequeno guerreiro Renan é só se dirigir a sede do HEMOSE e informar o nome dele, porque além de Renan o sangue que é doado pode ajudar a salvar outras vidas. Doe sangue, doe vida! 

Cadetes realizam doação de sangue em Florianópolis

 


No dia de hoje, sexta-feira (26/02), os Cadetes do 4º Curso de Formação Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar,  acompanhados do Comandante da Academia de Bombeiro Militar, Capitão BM Fábio Collodel e do Comandante do Pelotão, 1º Tenente BM Schpil, , realizaram doação de sangue voluntária no HEMOSC, em Florianópolis. Este ato de cidadania já é tradição na Academia Bombeiro Militar, como forma de comprometimento com a sociedade e responsabilidade social.
 
Segundo o HEMOSC, todos os dias acontecem em nosso Estado centenas de acidentes, cirurgias e queimaduras violentas que exigem transfusão, assim como os portadores de hemofilia, leucemia e anemias, que também necessitam desse procedimento. Lembrando que, se cada pessoa saudável doasse sangue espontaneamente, pelo menos duas vezes ao ano, os Hemocentros teriam reservas suficientes para atender toda população, pois não existe material que substitua o sangue. Por este motivo a doação espontânea e periódica é fundamental. As mulheres podem doar a cada quatro meses e os homens a cada três.
 
BOMBEIRO MILITAR: “Salvar Vidas está em nosso sangue.”
 
Crédito: Cadete BM Luíza Fregapani Silva

SOCIAL MEDIA

MARCADORES