quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Miss Mundo 2013 vira ativista pelos direitos de cadeirantes ♿


Após prêmio em categoria especial, Ksênia Bezuglova usou fama e disposição física para ajudar outras pessoas com deficiência que passam por dificuldades.


Mãe de duas filhas, modelo, membro do Conselho Tutelar para Assuntos Sociais, palestrante motivacional e, enfim, Miss Mundo 2013 para cadeirantes – Ksênia Bezuglova não para nunca. Aparece frequentemente em programas de TV e rádio, e viaja ao redor do mundo. E a cadeira de rodas nunca foi uma barreira.
Oito anos atrás Ksênia sofreu um grave acidente de carro que a confinou a uma cadeira de rodas para o resto da vida. Mas, em vez de abater pela notícia, ela decidiu fazer “milhões de coisas para inspirar as pessoas a nunca desistir”, conta.
Desde que venceu o Miss Mundo para mulheres em cadeiras de rodas, em 2013, trabalha ativamente na promoção dos interesses de pessoas com deficiência na Rússia.

Hoje participa de programas de TV e rádio, realiza palestras, escreve para revistas e sites, trabalha em um escritório de Moscou, e se pratica vários esportes. Aliás, sabia que pessoas com deficiência também saltam de paraquedismo? Se não, agora sabe.
Apesar de muitas cidades no país investiram na mobilidade e acesso para pessoas com deficiência, pouco tem sido feito até agora. Não é à toa que Ksênia continua alertando para os problemas diários enfrentados pelas pessoas em cadeiras de rodas
Fonte: http://pessoascomdeficiencia.com.br/site/2016/10/06/miss-mundo-2013-vira-ativista-pelos-direitos-de-cadeirantes/

SOCIAL MEDIA

MARCADORES