segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Relato de uma doadora de medula óssea "Luisa Biasibetti"



"Não lembro exatamente desde quando comecei a ter a vontade de fazer o teste acho que foi com a novela laços de família mas não lembro bem...desde pequena sempre manifestei minha vontade de doar sangue¸ órgãos ,e tudo mais que tivesse em mim que pudesse salvar alguém esse assunto sempre teve acesso livre dentro da minha casa eu muito destemida falava que um dia iria ajudar alguém...quando completei 18 anos uma das primeiras coisas que fiz como maior de idade foi ir doar sangue e coletar amostra do Redome naquele dia não pude doar sangue mas fiz o teste do Redome lembro que só havia eu naquele dia fazendo a coleta¸sai de la realizada cheguei em casa falando como seria bom se fosse compatível com alguém,tentei incentivar alguns amigos a fazer mas sem sucesso o medo da agulha era maior....alguns meses depois entrei na comunidade do orkut leucemia zero no Brasil e vi um post onde a kátia orientava que pedíssemos o nosso numero do Redome para ter certeza que estava no cadastro depois de uns 5 meses enviando e-mail para o inca eles me enviaram o numero....neste meio tempo uma prima de segundo grau também foi descoberta com leucemia pensei que poderia ser eu compatível mas infelizmente não era. Em 16 de junho de 2012 eis que o Redome entra em contato ¸Eu ate havia esquecido que estava no cadastro¸estava trabalho quando recebi a ligação dizendo que era uma possível doadora de medula e perguntando se eu tinha vontade de fazer a doação¸ mais do que na hora disse que sim¸fiquei tão feliz sai contado para todo mundo¸a informação que me passaram era que em duas semanas irias fazer os próximos exames confirmatórios e se desse certo em 2 meses faria a coleta¸ mas os exames confirmatórios só foram feitos em setembro quase 3 meses após o primeiro contato fui ate o local indicado fiz os teste e novamente fiquei sem contato com eles¸ate que dia 17 de outubro por volta de 19 horas o redome me liga avisando que o teste havia confirmado a compatibilidade se ainda fosse minha vontade iria fazer a coleta dia 12 de novembro claro que confirmei¸dia 22 de novembro conheci a DR Alexandra¸Marina e a Fernanda elas me reviraram pediram diversos tipos de exames de sangue quase 50 qualidade de testes alem de raio x de tórax e eletrocardiograma neste dia elas me entregaram os termos de doação do redome¸do hospital de clinicas¸ alem de outro termo de confidencialidade onde eu afirmo que não vou procurar o receptor antes de 6 meses¸ após 6 meses vou trocar emails com o receptor e se for a vontade de ambos vamos nos encontrar após um ano eu tenho muita vontade de conhece-lo espero que ele e a família também queiram. Todos os exames feitos data confirmada fui ate o hemocentro do hcpa e fiz uma coleta autóloga para reposição durante a retirada da medula...dia 11 de novembro um domingo fui internada no hcpa onde fui muito bem cuidada tomei um remedinho e apaguei acordei as 5 horas para começar os preparativos tomei um banho com um produto que eles me deram e fiquei no quarto aguardando ate as 9 e pouco estava em jejum desde a meia noite fui levada de cadeira de rodas ate uma salinha pré operatória la todos vinham falar comigo dar os parabéns pela atitude de estar doando para alguém que nem se quer conheço foi neste momento em que fiquei sabendo que minha medula salvaria a vida de uma criança fiquei ainda mais feliz Pois amo crianças e poder´tentar salvar a vida de uma e uma honra¸ dois outros hospitais estavam la assistindo e pediram uma amostra da minha medula para estudo eu autorizei a retida....pertinho das 10 hrs fui para o bloco fui orientada e anestesiada mas fiquei acordada vez ou outra cochilava ¸a anestesista era um amor de pessoa mas que agora não lembro o nome dela ¸ficou o tempo todo conversando e perguntando se estava bem pouco depois do meio dia acabou a coleta e fui levada ao centro de recuperação onde fiquei ate as 18 hrs¸e logo que cheguei no quarto já estava caminhando,não tive dores fortes apenas um desconforto como se tivesse um peso acho que o acesso do soro incomodou mais que do onde retiraram a medula....recebi varias visitas ate de pessoas que nem me conheciam enfermeiras¸ médicos, acompanhante sem contar nos comentários do face todos elogiam e me desejando melhoras...talvez fisicamente não esteja 100% mas meu ego e minha alma estão pulando de alegria melhor do que nunca me sinto especial por ter sido escolhida por deus para ajudar alguém a viver mais tempo¸muitos me perguntam da dor e se não tive medo¸sempre respondo que não confiava nos médicos e principalmente pensava no que o receptor e na família que estava sofrendo ¸eles foram o maior remédio que recebi para a dor dos furinhos que levei furinhos estes que terei o maior orgulho de mostrar pelo resto da minha vida. Espero um dia poder encontrar o receptor bem e postar fotos neste mesmo álbum do nosso encontro quero que ele saiba o quanto feliz eu fiquei em ter ajudado ele sem duvida a minha medula vai mudar a vida dele mas ele também mudou a minha por toda minha vida vou lembrar deste momento...espero que lendo meu depoimento mais pessoas criem coragem e vá ate o hemocentro da sua cidade fazer o teste que é tão simples e podo salvar uma vida hoje apenas um dia após a coleta estou escrevendo esse depoimento para vocês verem como é rápido a recuperação ...









 <3

LEUCEMIA TEM CURA¸NÓS SOMOS A CURA" PARABÉNS LUÍSA! VOCÊ SALVOU UMA VIDA! #SEJAUMHERÓI #DOEMEDULAÓSSEA #DOEVIDAEMVIDA ##JUNTOSSOMOSMAISFORTES

SOCIAL MEDIA

MARCADORES